Crises Reputacionais: Como Gerenciar de Forma Eficiente

4.5
4.5/5

Coordenador

Patrícia Punder

Sócia-Fundadora do escritório Punder Advogados

Sobre o curso

Aprenda como implementar ações para lidar com crises reputacionais e iniciar o processo de recuperação de imagem e reputação da empresa.

Com uma metodologia exclusiva, desenvolvida em uma abordagem prática, com casos reais, este curso tem como objetivo apoiar as empresas a lidar de maneira profissional com as crises de imagem e reputação, a fim de evitar ações descoordenadas que possam prejudicar ainda mais a credibilidade da empresa.

Ao final do curso, você estará apto a implementar procedimentos e protocolos a serem adotados antes, durante e após uma situação de crise.

A quem se destina

Compliance Officer, advogados, executivos de empresas, profissionais de relações institucionais, comunicação interna ou externa, relações públicas, entre outros, que tenham entre suas funções lidar com crises reputacionais.

Como funciona

Ao se inscrever neste curso, você terá acesso a:

✓ Conteúdos em vídeo

2 horas e 20 minutos de videoaulas, com prazo de acesso de 12 meses.

✓ Materiais para download

Materiais de apoio e estudo complementar às aulas em vídeo.

✓ Certificado de conclusão

Emitido automaticamente, ao final do curso.

Garantia incondicional LEC

Inscreva-se agora mesmo e tenha 7 dias para testar o curso. Se por qualquer motivo decidir não prosseguir, a LEC devolve 100% do seu investimento.

Mód I – Crises

Existem diversos tipos de crise, não apenas as crises voltadas para corrupção ou lavagem de dinheiro. Temos outros tipos de crises como, por exemplo, mas não se limitando a, ataques cibernéticos/sequestro de dados, ambientais e por falta de diversidade e inclusão Sempre trazendo exemplos reais e públicos.

Mód II – Introdução ao comitê de crise

Explicar o significado do Comitê de Crise, relevância, papel dentro de um Programa de Compliance. Procedimento escrito. Exemplos práticos.

Mód III – Comitê de crise na vida real

Papéis e responsabilidades dos membros, composição, definição do focal point e processo interno, treinamentos em geral, inclusive “media training”. Exemplos práticos.

Mód IV – Comitê de crise

A importância da implementação de protocolos prévios, situações de caso fortuito e força maior, reuniões periódicas. Exemplos práticos.

Mód V – Primeiros passos do comitê de crise

Como a crise iniciou? Foi através de uma investigação interna ou através das mídias? Foi mapeada no protocolo? Em caso negativo, como proceder? Acionamento do Comitê de Crise e tomada das primeiras decisões. Exemplos práticos.

Mód VI – O que deve fazer o comitê de crise?

Planejamento a médio ou longo prazo por parte do Comitê de Crise. Devo ou não contratar contratar um advogado criminalista? Exemplos práticos.

Mód VII – Primeiras ações no momento de crise

Como comunicar a crise para os colaboradores? Como comunicar a crise para os clientes, fornecedores e sociedade em geral? Exemplos práticos.

Mód VIII – Como atuar no momento de crise?

Como o focal point deve lidar com os jornalistas? Como deve ser a comunicação com os mesmos. Devo ou não contratar uma empresa de relações públicas e/ou uma empresa de comunicação externa? Exemplos práticos.

Mód IX – As autoridades entram em ação

Como lidar com investigações nacionais e internacionais? Devo ou não contratar um escritório especializado no Brasil e no exterior? Como deve ser o papel de Relações Institucionais neste momento perante os investidores? Exemplos práticos.

Mód X – O que fazer quando as ações não são coordenadas?

Como recuperar a responsabilidade, o poder do Comitê de Crise quando o processo definido não for seguido? O que fazer quando se perde a credibilidade por falta de coordenação na empresa. Exemplos práticos.

Mód XI – Momento de iniciar a recuperação

Diagnostique e reconheça o problema. Reforce o relacionamento com os colaboradores. Intensifique o vínculo com os clientes e fornecedores. Monitoramento de redes sociais e jornais. Relacionamento com investidores. Exemplos práticos.

Mód XII – Gestão da recuperação da imagem

Comunicação sobre a eficácia das providências e soluções adotadas. Papel do Comitê de Crise no momento Pós-crise. Exemplos práticos.

Mód XIII – Não existem soluções mágicas

Cuidado com soluções mágicas (mudar a nome, endereço, etc.) ou, fazer investimentos excessivos em campanhas publicitárias ou ações de marketing social (ESG). Exemplos práticos.

Patrícia Punder
Sócia-Fundadora do escritório Punder Advogados
Profissional de Compliance com sólida experiência no Brasil e América Latina, com mais de 12 anos de experiência na implementação e gestão de programas de Compliance, gestão de riscos e governança corporativa. Certificada pela ECOA, Fordham University, George Washington Law University e CPC-A. Uma das autora do Manual de Compliance/2019 e Compliance – Muito além do Manual/2020, ambos publicados pela LEC. Vencedora da premiação Compliance On-Top em 2018. Atuou em diversas empresas nacionais e internacionais, com foco na implementação de Programas de Compliance, gestão de riscos e governança, bem como na, promoção de investimentos nacionais e internacionais, investigações envolvendo DOJ/SEC/CGU/CADE e gestão de crises reputacionais. Professora na LEC, UFSCAR e Tecnológico de Monterrey.

Cursos relacionados

Compliance Anticorrupção + Certificação CPC-A

Compliance Financeiro + Certificação CPC-F

Compliance no Setor Farmacêutico

Investigações Internas de Compliance